CONHECIMENTOS ATUAIS,GERAIS, RELIGIOSOS, ETC
17 de Outubro de 2016

FRUSTRAÇÃO PROFISSIONAL? EITA SOFRIMENTO....

 

Domingo à noite: puro desânimo! Ai meu Deusinho o que eu faço? Quem nunca se sentiu assim, ao pensar que no dia seguinte vai iniciar mais uma semana daquelas... Irritação, nervosismo na flor da pele, e um forte desejo de nem se levantar da cama. Seria frustração? Profissional? Ou a falta de direção do céu para nós? Deixemos de ser egoistas e boralá depender de Deus....

Pois é, a dor e o sofrimento causados pela insatisfação são visíveis em boa parte de todas as pessoas. O que lhes falta, héim? Por um acaso foram as escolhas da vida que gerou tais insatisfações? Pode ser que sim. Mas, antes de prosseguirmos nesse papo, veremos causas e conseqüências dessa insatisfação quase que generalizada nas pessoas trabalhadoras:

"Os sintomas vão desde desânimo, desmotivação e falta de vontade de ir ao trabalho, até estresse e depressão; saiba como fugir dessa situação

Quem nunca, em algum momento da vida, foi abatido por um desânimo enorme já no domingo à noite, só de lembrar que segunda-feira teria que ir trabalhar? Se você passa por isso, saiba que a situação tende a piorar. Mas calma, não precisa fugir para as montanhas.

O número de profissionais que procuram apoio para definir os rumos que deve dar na carreira é crescente, e isso acontece em razão de um sentimento de frustração profissional. De acordo com uma pesquisa da Intentus Consultoria, empresa especializada em desenvolvimento humano e liderança, o número é alarmante: 71% das pessoas estão insatisfeitas com o trabalho. “Consultamos outras fontes recentes, no Brasil e no exterior, e todas falam de insatisfação profissional em torno de 80 a 85% na faixa etária dos 30 anos, como na pesquisa realizada pela Giacometti Comunicação”, afirma Lilian Sanches, coach e especialista em carreira da Intentus.

Segundo Lilian, desânimo, falta de vontade de ir ao trabalho, desmotivação e o desconforto no final do domingo são os primeiros sinais desse mal. “Doenças psicológicas e fisiológicas causadas pelo estresse e pelo desgaste emocional são cada vez mais comuns e começam a acender alertas nas empresas e nos funcionários de que algo não vai bem nesta relação”, comenta.

Um dos principais fatos que levam à frustração profissional, de acordo com a especialista, é o fato de as pessoas nunca parem para pensar no que as serve. “Seguimos a vida correndo atrás de modelos de sucesso pré-estabelecidos. Testamos e seguimos um modelo para a felicidade (faculdade – inglês – pós / MBA – um bom cargo / salário – um carro bonito), mas muitas vezes ele não funciona”, analisa a especialista. “E então, vem a frustração profissional”, completa.

Muitas vezes, a escolha da carreira já é feita de maneira equivocada. Essa escolha costuma ser feita muito cedo e são levados em consideração fatores como: a opinião e espelhamento nos familiares; primeiras experiências profissionais ou estudo, o que faz desenvolver algumas aptidões; e escolher profissões promissoras para o momento. Segundo Lilian, seguir esse modelo padrão não está errado, mas é preciso parar e pensar: é isso mesmo que eu quero? O preço a ser pago por cada conquista, vale a pena?

“Geralmente, não nos questionamos, não avaliamos, e o tempo passa. A vida passa. E tem cada vez mais gente infeliz”, diz Lilian. O que complica ainda mais, é que no meio deste cenário caótico, é fácil encontrar programas e histórias que não cabem na vida da maioria das pessoas, como por exemplo: largue tudo e trabalhe viajando, curtindo a vida; faça apenas o que você ama; seja um empreendedor e trabalhe menos e ganhe mais; vá trabalhar na profissão do momento, fique rico e feliz.

Para Lilian, essas máximas da felicidade servem para algumas pessoas, no entanto, para a outra parcela da humanidade encontrar a felicidade e satisfação no trabalho, vai um pouco além. “Significa continuar trabalhando e tentar ajustar o máximo que pode; o que inclui fazer um planejamento financeiro para assim ter garantias de que poderá pagar as contas no final do mês ou sobreviver um período sem receitas, antes de tentar algo novo”, analisa.

O sonho da careira corporativa existe e tudo que vem junto a ela: salário, benefícios, cargo, posição, status e muito mais. “Antes de sairmos por ai seguindo novamente modelos de sucesso, precisamos entender o que nos cabe, quais as nossas necessidades, preferências e potencialidades, para então iniciarmos qualquer planejamento e transição”, finaliza Lilian.

A especialista listou 6 questionamentos sobre carreira que tem que ser respondidos:

 

  1. Faço o que gosto e sei fazer bem o que faço na maior parte do dia?
  2. Se eu trabalhasse em outra empresa, na mesma área, estaria mais motivado?
  3. Gosto da minha profissão ou apenas de algumas tarefas dela?
  4. Como posso fazer uma transição de carreira, de área, de segmento ou profissão?
  5. Quais resultados eu quero, e, como faço para conquistá-los: crescimento, salário, reconhecimento, qualidade de vida?
  6. Qual seria meu plano B, C, D… se o plano A não der certo?

Seja qual for a mudança, por mais difícil que seja, talvez não possa ser conquistada em seis meses. Mas, pode ser, em dois, ou seis anos. É preciso começar, e o mais importante, na direção certa".

fonte: http://www.consumidormoderno.com.br/2016/10/10/voce-sofre-de-frustracao-profissional/

COMENTANDO: Nem sempre fazer o que gosta traz satisfação pessoal, pois muitas vezes a remuneração pelo tal gosto, não cobre nossas necessidades. Tem gente que luta a vida inteira para obter resultados, reconhecimento, uma excelente qualidade de vida, e eles não vêm... Então, o que fazer? Entrar em depressão e se entregar à ela? É claro que precisamos continuar lutando e sonhando. São os sonhos que permeiam nosso sucesso a cada dia, mas uma coisa é certa: Criar novas sugestões na mente, sonhar sonhos maravilhosos, nunca poderão ser feitos sozinho. Convide Deus para ir contigo nesse sonho e entregue seus caminhos para ele tomar conta, que com certeza, Ele fará sempre um caminho novo para você... Querer o que é bom vem de Deus, mas ir sozinho sendo dono de seu próprio caminho, não vem de Deus.

 
CATEGORIAS
RELACIONAMENTOS
ORAÇÕES
MODA
SAÚDE
VIAGENS E TURISMO
CASA ARRUMADA
NOTICIAS COMENTADAS
CONHECIMENTOS ATUAIS,GERAIS, RELIGIOSOS, ETC
MÚSICAS LINDAS
 
POSTS POPULARES
1 de Agosto de 2016
FREQUÊNCIA CARDÍACA
Palpitações. Uma sensação do coração saindo pela boca. Medo. Alegria. Raiva, Ódio... Parece que tudo mexe com nossos  batimentos, não ...
LEIA MAIS
25 de Dezembro de 2016
ÁCIDO ÚRICO E GOTA? ELIMINE-OS. APRENDA COMO!
Quem não sente dor nas emendas? Kkkkk. Ops, nas articulações? Há quem ache que seja reumatismo. Puro engano! Até pode ...
LEIA MAIS
29 de Março de 2016
LIMÃO: A CURA
Nunca pensei que num certo ponto de minha vida eu descobriria tantas qualidades no limão, inclusive do poder curador que ...
LEIA MAIS
4 de Janeiro de 2017
O CÂNCER PODE SER CURADO EM POUCAS SEMANAS: DR LEONARD COLDWELL
Que notícia boa! Até que enfim uma esperança para quem lida com a tal doença. Esse aí da foto é ...
LEIA MAIS
11 de Janeiro de 2017
CÂNCER TEM CURA: DR. LEONARD COLDWELL – PARTE 2 - C/VÍDEO
Gentem, em 2 a 16 semanas, a curaa! Pára tudooo! A natureza é mais forte que o Câncer!? Eu já ...
LEIA MAIS