MODA
3 de Fevereiro de 2016

MODA: A CRISE PRECISA SER SUPERADA.

 

Os tempos estão difíceis para todo o mundo. Em todos os setores e na moda, idem. Dos pequenos aos grandes negociantes ela já deu sua beliscada. E os clientes estão desaparecendo dos salões de beleza. O que fazer? Culpa de quem? O jeito é encantar os clientes. Um jeito Disney de ser... Será? Por mais que as coisas estejam feias no mercado, especialistas e profissionais dizem que é possível superar a má fase e sair ainda mais fortalecido dela. Será mesmo? Então vejamos:

“A crise afetou setores que nunca tinham sido atingidos antes”, afirma José Augusto Santos, da Associação Brasileira dos Salões de beleza (ABSB). Segundo ele, houve diminuição de 8% na procura de serviços e 18% na venda de produtos profissionais, piorando o cenário que já não era dos melhores desde o final do ano passado.

E A CULPA É DE QUEM?

“IMPOSTOS E JUROS ALTOS NÃO SÃO OS ÚNICOS VILÕES DO QUE ESTAMOS PRESENCIANDO. A CRISE ATUAL É REFLEXO DA QUEDA DE 40% DO FATURAMENTO DOS SALÕES OCORRIDA NO PERÍODO DA COPA...”

No lugar de apontar responsáveis, a idéia é mostrar os caminhos para sair dessa enrascada. “NINGUÉM PERMANECERÁ ILESO, É VERDADE, MAS COM CERTEZA SAIRÁ MAIS FORTALECIDO”, afirma Rui Mendes. A orientação inicial é esquecer aquele famoso discurso: “As pessoas não deixam a vaidade de lado em épocas ruins”. “A crise não está só nos afetando... Realmente, está difícil sustentar um salão. Muitos fecharam as portas no Rio de Janeiro...

- Mude de foco: Apesar de um panorama nada agradável, precisamos tirar os holofotes da crise. “Não podemos ficar olhando apenas para as dificuldades, reclamando, e sim buscar soluções e ter muita fé. Assim, passaremos sobre esse furacão sem sermos destruídos”, avalia Teka Bárbara.

- Trate de economizar: Outro passo é analisar as contas e enxugar gastos. “Precisamos rever as despesas, economizar tudo o que puder ser economizado” ensina Márcia Maria, presidente da Haute Coiffure Française Brasil. Cortar viagens. Deixar cartão de credito em casa.

- Faça a Diferença: “Se tirarmos o ‘S’ da palavra crise, teremos ‘crie’, brinca Sonia Nesi, que começou a fazer promoções nos dias de menor movimento. Os descontos variam de 10% e 30%. Toda ação bem pensada e executada pode ser benéfica para o negócio.

- Encante os clientes: se a clientela estiver feliz com seus serviços, não irá abandonar o salão. “A crise sempre existiu com altos e baixos, e daqui a pouco irá diminuir. As pessoas não deixam  de cortar ou arrumar o cabelo; elas irão onde são bem atendidas e recebidas com algum diferencial”.

“Não basta ser um profissional top, é preciso tratar o outro como gostaria de ser tratado. Ter excelência no atendimento e investir na prestação de serviço – desde o manobrista e a recepção, pois os maus atendimentos costumam ser relacionados ao seu nome! Treinar e investir nos funcionários também traz qualidade a todos saem ganhando, diz Willian Lin, especialista do Instituto i9c.

- Atualize o cadastro: “A cada cliente que entra e sai do salão de beleza, forneça uma pesquisa de satisfação, incluindo desejos de serviços e e-mail para futuros contatos” ensina Carlos Passos, da UpGrade. Com esses dados é possível criar ou atualizar um registro já existente para:

. avisar  sobre novos looks de cabelo

. falar  das promoções especiais

. convidar para um chá da tarde com direito a desconto nos cortes

. apresentar produtos ou palestras de cuidados faciais ou corporais, etc. “Dentre os funcionários existem especialistas que se sentirão motivados em desenvolver atividades”, ensina Passos. Dados retirados de: revista Cabelo&Cia, de dezembro/2015

 

COMENTANDO: A esperança por dias melhores deve ser sempre acompanhada por atitudes bem pensadas. E nesse momento, valorizar é preciso! E a gente começa primeiro, valorizando o outro;  sem se esquecer de se valorizar também. O negócio é encantar. Encantar as pessoas, e não perder tempo tentando descobrir meios para sair da crise, mas como enfrentá-la. Quando encantamos os outros, a tendência é sermos encantados também. A crise não está para brincadeira, e parece que não está nem um pouco, querendo ir embora. Então, devemos apostar no bom relacionamento. No bom tratamento. No bom trabalho.  Clientes bem tratados, sempre voltam, por um simples motivo:  Porque o “bom profissional não é aquele que apenas  é top, mas aquele que trata bem”.

 

 
CATEGORIAS
RELACIONAMENTOS
ORAÇÕES
MODA
SAÚDE
VIAGENS E TURISMO
CASA ARRUMADA
NOTICIAS COMENTADAS
CONHECIMENTOS ATUAIS,GERAIS, RELIGIOSOS, ETC
MÚSICAS LINDAS
 
POSTS POPULARES
1 de Agosto de 2016
FREQUÊNCIA CARDÍACA
Palpitações. Uma sensação do coração saindo pela boca. Medo. Alegria. Raiva, Ódio... Parece que tudo mexe com nossos  batimentos, não ...
LEIA MAIS
25 de Dezembro de 2016
ÁCIDO ÚRICO E GOTA? ELIMINE-OS. APRENDA COMO!
Quem não sente dor nas emendas? Kkkkk. Ops, nas articulações? Há quem ache que seja reumatismo. Puro engano! Até pode ...
LEIA MAIS
4 de Janeiro de 2017
O CÂNCER PODE SER CURADO EM POUCAS SEMANAS: DR LEONARD COLDWELL
Que notícia boa! Até que enfim uma esperança para quem lida com a tal doença. Esse aí da foto é ...
LEIA MAIS
11 de Janeiro de 2017
CÂNCER TEM CURA: DR. LEONARD COLDWELL – PARTE 2 - C/VÍDEO
Gentem, em 2 a 16 semanas, a curaa! Pára tudooo! A natureza é mais forte que o Câncer!? Eu já ...
LEIA MAIS
29 de Março de 2016
LIMÃO: A CURA
Nunca pensei que num certo ponto de minha vida eu descobriria tantas qualidades no limão, inclusive do poder curador que ...
LEIA MAIS