RELACIONAMENTOS
14 de Setembro de 2016

RELACIONAMENTOS: CÃES ENTENDEM O QUE OS DONOS FALAM E COMO FALAM c/vídeo

 

Quem nunca teve um cãozinho de estimação levanta a mão! Ufaa, galera, quase todo mundo já teve ou tem o seu, não é mesmo? E há quem diga que eles só faltam falar... E não é que é mesmo? Mas, mesmo sabendo que foi comprovado que nossos tão amados pets possuem capacidade de nos reconhecer de acordo com a nossa voz e entonações, de broncas, carinhos, etc. eles também, entendemos nós,  sentem muita a nossa falta.

A minha Nina, não comia enquanto eu não chegasse. E sabia quando eu estava triste! E como sabia!  E me recebia com muitas honras quando eu chegava da rua, mesmo se o tempo fora não fosse tão grande assim. Hoje eu sinto tanta falta dela que parece que é de uma pessoa. E chorei até.... ao ver o vídeo abaixo. Meu DEUS! Ah se eu pudesse tê-la de novo!!! Acho que eu é quem desmaiaria de emoção!

Porém, quanto à comprovação deste forte entendimento entre nós e os nossos pets, nem  precisava de comprovação, né povo pétiano? Mas vamos ao que diz Alexandre Rossi sobre isso, tendo em vista um estudo feito na Hungria e publicado na revista científica Science.

“Hoje, eu gostaria de contar um pouco sobre um recente estudo  que demonstrou a capacidade dos cães de processar o que falamos e como falamos. Na semana passada, notícias sobre essa pesquisa científica foram muito divulgadas em vários meios de comunicação no mundo e o estudo foi comentado em programas de TV aqui e lá fora.

 

MAS, O QUE FOI ESSE ESTUDO?

A pesquisa foi publicada na renomada revista científica Science e foi conduzida pelo grupo do Dr. Adám Miklósi, da Universidade de Eötvös Loränd, na Hungria. Ele é chefe de uma das equipes que mais estuda e publica artigos científicos sobre o comportamento dos cães. No estudo eles conseguiram analisar quais regiões do cérebro dos cachorros são ativadas quando eles processam a fala e a entonação daquilo que é dito pelos seres humanos.

Para isso, 13 cães foram  especialmente treinados para permanecerem totalmente imóveis dentro de uma máquina de ressonância. Essa primeira etapa foi muito importante, pois só quando os animais estivessem imóveis é que poderiam ser feitas imagens válidas. Se houvesse contenção física, certamente as respostas cerebrais seriam diferentes, o que invalidaria o objetivo do estudo.

Após a primeira fase foram feitas imagens das reações do cérebro dos cachorros diante de gravações dos treinadores falando algumas palavras, em vários tons, para verificar quais áreas do cérebro se mostravam mais ativas de acordo com as diferentes palavras e entonações. Os cães ouviram palavras conhecidas que significavam elogios, em uma entonação bem animada e neutra, e palavras que não significavam nada em entonações também animadas e neutras.

RESULTADOS

A conclusão após a análise das imagens foi surpreendente: o lado esquerdo do cérebro dos cães é ativado diante de palavras conhecidas e o lado direito processa a entonação. Ou seja, regiões distintas do cérebro processam duas formas de comunicação também distintas. E o mais bacana: juntando as duas situações (palavras conhecidas e entonação), ou seja, um elogio bem animado, é ativada a parte do cérebrorelacionada à recompensa. 

A RELEVÂNCIA DA CAPACIDADE

Esse foi o primeiro estudo conhecido a procurar entender como os cães interpretam a linguagem humana, mostrando que a entonação com que são ditas palavras conhecidas pode fazer a diferença para o entendimento correto de uma mensagem que queremos passar aos peludos. Os resultados podem ajudar, portanto, a tornar a comunicação entre humanos e cães ainda mais eficiente do que já vem sendo ao longo de milhares de anos dessa parceria que deu tão certo. 

A descoberta pode ser também uma nova luz para entendermos a evolução da linguagem em nós mesmos, já que as mesmas áreas cerebrais ativadas nos cães são utilizadas por nós durante o processo de comunicação, quando nosso cérebro avalia o significado e a entonação das palavras. 

Além disso, constatar em outra espécie, diferente da nossa, que mecanismos cerebrais analisam separadamente o significado das palavras e entonação, mas integram as duas,  sugere que a capacidade de comunicação pode evoluir mesmo sem a existência de linguagem propriamente dita.

Mais uma vez, é a ciência trazendo conhecimentos sobre a capacidade dos cães que podem nos ajudar a melhorar a nossa relação com os nossos queridos melhores amigos. 

http://canaldopet.ig.com.br/colunas/alexandre-rossi/2016-09-06/capacidade-caes.html

 

Assistam ao vídeo: Cachorro desmaia de emoção ao reencontrar dona, dois anos depois – o reencontro. Um cãozinho da Pensilvânia, nos Estados Unidos, foi ao auge da emoção ao reencontrar sua dona. Rebecca Ehalt estava morando na Eslovênia havia dois anos e ao retornar para casa, o cachorro desmaiou de tanta felicidade. Ao postar o vídeo em sua conta no Youtube, a garota lembra que para um cachorro, o período equivale a 14 anos.

O animal foi levado ao veterinário, mas está tudo bem com ele.

Canal  de Daniel Dutra

 

 

 
 
CATEGORIAS
RELACIONAMENTOS
ORAÇÕES
MODA
SAÚDE
VIAGENS E TURISMO
CASA ARRUMADA
NOTICIAS COMENTADAS
CONHECIMENTOS ATUAIS,GERAIS, RELIGIOSOS, ETC
MÚSICAS LINDAS
 
POSTS POPULARES
1 de Agosto de 2016
FREQUÊNCIA CARDÍACA
Palpitações. Uma sensação do coração saindo pela boca. Medo. Alegria. Raiva, Ódio... Parece que tudo mexe com nossos  batimentos, não ...
LEIA MAIS
25 de Dezembro de 2016
ÁCIDO ÚRICO E GOTA? ELIMINE-OS. APRENDA COMO!
Quem não sente dor nas emendas? Kkkkk. Ops, nas articulações? Há quem ache que seja reumatismo. Puro engano! Até pode ...
LEIA MAIS
4 de Janeiro de 2017
O CÂNCER PODE SER CURADO EM POUCAS SEMANAS: DR LEONARD COLDWELL
Que notícia boa! Até que enfim uma esperança para quem lida com a tal doença. Esse aí da foto é ...
LEIA MAIS
29 de Março de 2016
LIMÃO: A CURA
Nunca pensei que num certo ponto de minha vida eu descobriria tantas qualidades no limão, inclusive do poder curador que ...
LEIA MAIS
11 de Janeiro de 2017
CÂNCER TEM CURA: DR. LEONARD COLDWELL – PARTE 2 - C/VÍDEO
Gentem, em 2 a 16 semanas, a curaa! Pára tudooo! A natureza é mais forte que o Câncer!? Eu já ...
LEIA MAIS